O Benfica colocou-se, esta quarta-feira, em boa posição para atingir os oitavos de final da Taça Challenge de voleibol, ao derrotar em casa os gregos do Iraklis Petosferisi, por 3-0, em jogo da primeira mão dos 16 avos.

Apesar de o Benfica ter resolvido o encontro em apenas três parciais, os gregos fizeram suar e bem os 'encarnados', já que o triunfo nos dois últimos foi 'arrancado a ferros', valendo à equipa portuguesa o facto de ter errado menos do que o adversário.

Com um início de jogo muito dividido, com os pontos e os erros a caírem para os dois lados, o Benfica começou a mostrar algum ascendente após a conquista do décimo ponto (10-9), altura em que tanto o bloco como o contra-ataque começaram a funcionar.

O Iraklis Petosferisi, que apostou na utilização de dois líberos, consoante defendia ou atacava, deixou-se vergar, por claros 25-15.

No segundo parcial, o treinador Ioannis Orfanos corrigiu os erros do primeiro - melhorou na receção, no serviço e no bloco, e ombreou os com os visitados até ao extremo, tendo claudicado apenas na ponta final (25-23).

Moralizada pela aproximação aos 'encarnados', a equipa de Salónica entrou mais forte no terceiro 'set' e chegou a estar a vencer por quatro pontos (14-10), graças aos erros de serviço dos comandados de Marcelo Matz.

Aos poucos, o Benfica foi anulando a desvantagem, beneficiando da fraca receção dos forasteiros, e deu a volta ao marcador aos 19-18, com um ponto conquistado pela dupla Peter Wohlfahrstätter e Thiago Oliveira, com o bloco.

O Iraklis Petosferisi acusou o toque e cedeu mais um ponto de seguida. Com uma 'almofada' de dois pontos, o Benfica não mais largou a vantagem para desespero dos 10 adeptos gregos, que em determinados momentos se fizeram ouvir mais que os cerca de 300 afetos ao Benfica.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.