O Benfica recuperou o título de campeão nacional de voleibol, ao vencer no Pavilhão João Rocha o Sporting por 3-1, no quarto jogo da final da edição de 2018/19.

Os ‘encarnados’, que tinham perdido o primeiro jogo por 3-0, no reduto dos ‘leões’, e vencido os segundo e terceiro encontros por 3-0 e 3-2, respetivamente, em casa, impuseram-se pelos parciais de 19-25, 25-23, 25-16 e 29-19.

Com o título conquistado, o Benfica chega aos oito troféus, o mesmo número do Leixões e mais dois do que o Sporting, num palmarés liderado pelo Sporting de Espinho, com 18 títulos nacionais.

No final do jogo com o Sporting, Marcel Matz, treinador do Benfica, destacou a importância do coletivo na conquista do oitavo título de campeã nacional de voleibol dos 'encarnados'.

"Estou muito feliz com o desempenho da equipa e por ser campeão, num dia histórico, na casa do rival. Foi um jogo com muitas trocas nos dois lados, a nossa equipa teve menos trocas, mas com a mesma confiança em todos os jogadores. Espero que continuemos a vencer títulos", começou por dizer o técnico do Benfica.

"Vencer é sempre muito bom. Procurámos esse momento, todos somos profissionais e gostamos muito do que fazemos. O desporto é viciante, tem adrenalina e vencer é muito bom. Estou com os olhos bem abertos para o que aí vem", acrescentou Matz.

"O que fez a diferença foi o fator coletivo. O voleibol é dos desportos mais coletivos, temos um grupo muito forte, com poucos problemas de lesões, são jogadores experientes e bem treinados e que respondem bem no campo", destacou o técnico do Benfica.

"Começámos a dar chances. Sabíamos que devíamos servir forte e soubemos aproveitar a pressão que o Sporting tinha. Precisávamos de uma agressividade muito grande e foi assim que recuperámos no segundo 'set'", afirmou o treinador do Benfica sobre o jogo no Pavilhão João Rocha.

"Estou a pensar em trazer jovens jogadores para o ano, a médio prazo, mas não dá para tirar o pé do acelerador e a exigência mantém-se. Vamos aproveitar estes títulos, fomos a melhor equipa este ano e temos de continuar a trabalhar muito forte para continuar assim", sentenciou Matz antes de deixar uma palavra aos adeptos do Benfica.

"O apoio dos adeptos foi sensacional. Conseguimos que as vozes deles ecoassem em todo o pavilhão e baixar um pouco a adrenalina e a pressão do Sporting, para que eles aparecessem. O primeiro objetivo que tenho na próxima época é lotar o pavilhão em todos os jogos. Temos de criar uma maior identificação com as modalidades."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.