Vários troféus e objetos pessoais do antigo tenista Boris Becker serão leiloados a partir desta segunda-feira pela casa britânica Wyles Hardy, com o objetivo de saldar parte das dívidas do ex-campeão.

Composto por 82 artigos daquele que foi o vencedor mais jovem da história de Wimbledon - com 17 anos -, o lote inclui medalhas, troféus, raquetes, relógios e fotografias. A venda terminará em 11 de julho.

Abalado pelas dívidas, Becker, de 51 anos e três vezes campeão em Wimbledon, declarou falência em 2017.

Em junho de 2018, o antigo tenista evocou um estatuto diplomático para ter imunidade ante a justiça britânica, o que interrompeu no último momento a venda dos seus troféus e objetos pessoais em leilão.

O ex-número 1 do mundo afirmou na altura que tinha sido nomeado pelo presidente da República Centro-Africana "adido" ante a União Europeia para assuntos culturais, desportivos e humanitários deste país.

Mas o ministro centro-africano das Relações Exteriores explicou que o passaporte exibido por Becker era falso, procedente de um lote "de passaportes em branco roubados em 2014".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.