O tenista português João Sousa confessou hoje estar "muito contente" com a vitória face ao polaco Hubert Hurkacz na primeira ronda do ATP 500 de Halle, na Alemanha, e com o regresso às boas exibições.

“Depois de uma temporada menos boa para mim, voltar ao bom nível e às boas exibições sabe sempre muito bem. A verdade é que foi um dia bom para mim, muito positivo e em que consegui jogar a um bom nível”, afirmou o vimaranense.

João Sousa, 71.º do ‘ranking’ ATP, venceu Hurkacz, 53.º, por 7-6 (7-3) e 6-1, qualificando-se para os oitavos de final do torneio de Hall, em relva.

“Não comecei tão bem quanto isso, mas consegui manter-me focado e concentrado para dar a volta ao ‘break' sofrido logo no início do encontro. Depois, joguei muito bem no segundo ‘set'", afirmou o número 1 luso.

João Sousa tem como melhor registo em 2019 a terceira ronda no Open da Austrália e no Masters 1.000 de Miami, em 15 torneios disputados, sendo que em sete perdeu na estreia, e na relva de Halle já soma três vitórias consecutivas, após ter passado com distinção o ‘qualifying'.

“Estou muito contente por mais uma vitória, por passar à segunda ronda e manter o bom nível de jogo, que é muito importante para mim. Agora, é recuperar bem e desfrutar desta vitória”, assumiu o português, que na terça-feira volta ao ‘court' para o encontro de pares, ao lado do argentino Guido Pella.

Na segunda ronda de singulares, o minhoto, de 30 anos, vai defrontar o vencedor do encontro entre o croata Borna Coric, 14.º jogador ATP e quarto cabeça de série, e o espanhol Jaume Munar, 88.º da hierarquia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.