O tenista português João Sousa reconheceu esta terça-feira ter ficado "aquém daquilo que poderia ter jogado" frente ao canadiano Vasek Pospisil, que venceu o encontro da segunda ronda do Masters 1.000 de Xangai em dois 'sets' (6-3 e 7-5).

"Foi um encontro difícil e fico triste por não ter conseguido jogar ao nível das últimas semanas. Também mérito dele, que serviu muito bem, não me deu muito ritmo e fiquei aquém daquilo que pretendia e poderia ter jogado. Taticamente não estive também ao meu melhor. Apesar de ter tentado ser fiel ao meu estilo, a verdade é que não consegui fazê-lo", admitiu.

Após a derrota diante o antigo top-25 mundial e atual 248.º colocado no ranking ATP, o vimaranense (63.º ATP) volta ao court na quarta-feira para se estrear na competição de pares ao lado do argentino Diego Schwartzman para defrontar o romeno Horia Teceu e o holandês Jean Julien Roger. "Vamos dar tudo para tentar vencer", frisou o número um português.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.