O estónio Ott Tanak (Toyota Yaris) terminou hoje a primeira etapa do rali da Grã-Bretanha, 12.ª prova do Mundial, na frente da qualificação, depois de destronar o colega de equipa Kris Meeke (Toyota Yaris).

Tanak passou o irlandês na nona e última especial desta sexta-feira, na segunda passagem por Aberhirnant, com dez quilómetros de extensão, passando de uma desvantagem de seis décimos de segundo para uma vantagem de 3,4 segundos sobre o segundo classificado, o francês Sébastien Ogier (Citroën C3).

"Foi muito stressante. Na especial anterior ficámos sem luzes e tivemos muito trabalho para fazer na ligação. Felizmente havia iluminação nesta última especial", disse o estónio.

Kris Meeke baixou para a terceira posição, a 3,6 segundos de Tanak, depois de ter feito um pião na penúltima especial do dia.

Ogier teve "um dia bom", pois está "na luta pela vitória".

Pelo caminho ficou logo de manhã o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris), devido a um violento despiste seguido de capotamento.

O norueguês Petter Solberg (VW Golf), campeão mundial em 2003 e que faz aqui a despedida das provas, baixou de terceiro ao 13.º lugar.

No sábado disputam-se 151 quilómetros divididos por sete especiais cronometradas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.