Louis Camilleri, diretor executivo da construtora italiana de automóveis Ferrari, prometeu nesta quinta-feira aumentar os investimentos para ganhar em 2019 o campeonato do mundo de Fórmula 1, após ter fracassado nos anos anteriores.

"Em 2018, obtivemos o melhor resultado desde que ganhamos o título de construtores (em 2008). Para 2019, o objetivo é ganhar e haverá um aumento dos investimentos que refletem essa ambição", declarou Camilleri numa conferência por telefone com analistas para apresentação dos resultados de 2018.

Segundo o diretor da Ferrari, o aumento dos gastos com a F1 deve-se também a uma adaptação às novas regras da categoria que entrarão em vigor em 2020-2021.

A Ferrari registou em 2018 resultados recordes a nível de vendas e receita, mas, na F1, a escuderia fracassou novamente na tentativa de conquistar o título mundial, que ficou com a Mercedes do piloto britânico Lewis Hamilton.

A Ferrari nomeou no início de janeiro um novo chefe de equipa na F1, Mattia Binotto, ex-diretor técnico da escuderia, substituindo Maurizio Arrivabene.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.