Fernando Alonso comentou, pela primeira vez, em Singapura, a vinda de Raikkonen para a Ferrari, substituindo o brasileiro Felipe Massa.

«É bom para a Ferrari, é positivo. Com Felipe o trabalho foi excelente nestes últimos quatro anos. Estou triste por ele, mas a equipa decididiu que era necessário haver uma alteração. Falaram comigo e eu considerei que era uma boa opção».

A verdade é que nos bastidores da Fórmula 1 comenta-se que a relação entre os dois pilotos não irá ser fácil dada a personalidade de Alonso e Raikkonen. O espanhol não se mostrou nada preocupado com esse facto.

«Também diziam, quando cheguei, que a minha relação com Massa iria ser um desastre e falam o mesmo agora, mas não há diferença. Partiremos os dois do zero em 2014 e se algum tiver a sorte de se distanciar e lutar pelo campeonato, a equipa irá centrar-se nele», explicou.

No que diz respeito ao presente ano, o espanhol da Ferrari está a uma distância de 53 pontos de Vettel, líder do mundial de pilotos. Nada que o faça deitar por terra a esperança de ainda poder vir a ser campeão em 2013.

«Vamos lutar pelo campeonato até que seja matematicamente possível», concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.