O espanhol Carlos Sainz (Mini) e o norte-americano Ricky Brabec (Honda) mostraram-se hoje "satisfeitos" com as vitórias nas categorias de automóveis e motas, respetivamente, no Rali Dakar de todo-o-terreno.

"Estou muito feliz. Há muito esforço por detrás desta conquista. Muitos treinos, muitos testes, esforço físico, com a equipa... Começámos a ganhar este Dakar logo no primeiro dia e viemos gás a fundo desde o princípio", disse Carlos Sainz, citado pelo site oficial da competição.

Já o motociclista Ricky Brabec, da Honda, equipa gerida pelo português Ruben Faria, enalteceu o espírito de grupo.

"No final, as peças do puzzle acabaram por se encaixar. Não o teríamos conseguido sem todos os pilotos da equipa. Estou muito contente", sublinhou.

"Este é o meu quinto Dakar, o segundo em que termino. Acordei esta manhã apenas satisfeito por poder pilotar no último dia. Não há uma estrela na equipa, todos trabalhámos em conjunto. Somos uma família e todos ganhámos", disse o norte-americano, que tem em Hélder Rodrigues o principal conselheiro.

Esta última especial das 12 que fizeram o Rali Dakar deste ano foi encurtada. Dos 374 quilómetros previstos, apenas se realizaram 167.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.