O SL Benfica lamentou a morte de Paulo Gonçalves, piloto que foi parceiro do clube durante vários anos.

"Era um dos mais credenciados pilotos portugueses de sempre, tendo-se sagrado campeão do mundo Rally Cross em 2015. Foi parceiro do Sport Lisboa e Benfica em vários anos e sentia grande orgulho em ostentar a águia no equipamento de motard, nomeadamente no capacete, durante as provas sobre duas rodas.

O Sport Lisboa e Benfica endereça sentidas condolências à família e amigos de Paulo Gonçalves neste dia de luto para o desporto motorizado", escreveu o clube em nota publicada no seu site oficial.

Paulo Gonçalves, piloto português de 40 anos, faleceu este domingo na etapa 7 do Rally Dakar 2020, realizado na Arábia Saudita.

A informação foi confirmada pela organização da prova através de um comunicado.

De acordo com a organização o português sofreu um acidente fatal ao quilometro 276 da etapa deste domingo.

"A organização recebeu um alerta às 10h08 [horas locais] e enviou um helicóptero médico que chegou ao piloto às 10h16 encontrando-o inconsciente depois de uma paragem cardiaca. Depois da reanimação no local, o competidor foi levado de helicóptero para o hospital de Layla, onde foi pronciado morto", escreveu a organização da prova.

Paulo Gonçalves tinha 40 anos e era a sua décima-terceira participação na prova.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.