O português Sérgio Marques perdeu o título de campeão do mundo de 'ironman' de 2019 para triatletas entre os 35 e os 39 anos, depois de ter sido desclassificado, informou hoje a Federação Portuguesa de Triatlo (FPT).

Em 13 de outubro, em Kailua-Kona, no Havai, Sérgio Marques tinha sido o mais rápido entre todos os atletas inscritos em grupos de idade e o 30.º entre todos os atletas, mas agora acabou por ser desclassificado.

De acordo com a FPT, Sérgio Marques acabou por ser desclassificado devido a um erro administrativo, uma vez que foi inscrito como profissional no Ironman 70.3 Cascais, o que o impedia de atuar no Mundial por idades, destinado a amadores.

"Apesar de todo o esforço empreendido pelo atleta e pela Federação de Triatlo de Portugal para manter o título junto da World Triathlon Corporation, não foi possível reverter a situação", lê-se no comunicado do organismo, que lembra que "desde 2017 que o atleta Sérgio Marques prescindiu da licença profissional de Ironman".

Lembrando que Sérgio Marques "foi homenageado com o prémio de carreira, no 30.º aniversário da Federação de Triatlo de Portugal", o organismo diz que a sua nomeação para o prémio de personalidade do ano para a Gala da Confederação de Desporto de Portugal "não pode ser desacreditada por pormenores administrativos".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.