Após um início de dia prometedor, em que Cabo Verde conquistou a primeira medalha de prata com o andebol, no período da tarde tanto o voleibol, que lutava pelo bronze, como a natação ficaram fora do pódio.

Assim, o voleibol de praia, que já tinha conquistado duas medalhas de bronze (pares femininos e pares misto), deixou a escapar, hoje, a hipótese de uma terceira medalha, já que dupla masculina Gildo de Jesus/David Dias caiu aos pés dos seus adversários do Kenya, que ficaram com a medalha de bronze.

Kenya venceu Cabo Verde na atribuição do terceiro lugar em pares masculinos por 2-0, com os parciais de 7-5 e 7-5.

Uma outra modalidade que se estreou hoje nos jogos, que decorrem na praia de Santa Maria, foi a natação em águas abertas, na distância de cinco quilómetros, em que Cabo Verde se fez representar por quatro nadadores, dois de cada sexo.

Tanto a prova masculina como a feminina foram dominadas por nadadores dos países do Magrebe (Argélia, Tunísia e Marrocos).

Na prova masculina, em que participaram 14 nadadores de dez países (Cabo Verde, Argélia, Angola, Guiné, Marrocos, Maurícias, Seychelles, Togo, Tunísia e Líbia), Francisco Andrade foi o melhor nadador cabo-verdiano, na 9º posição.

Na prova feminina, com participação de sete nadadoras de cinco países (Cabo Verde, Argélia, Kenya, Marrocos e Tunísia) a melhor cabo-verdiana foi Maria Sequeira que se classificou no sexto lugar.

A 1ª edição dos Jogos Africanos de Praia entrou hoje no terceiro dia de competições, é realizada sob a égide da Associação de Comité Olímpicos Nacionais Africanos (ACNOA) e contemplam 11 modalidades ligadas ao mar, nomeadamente atletismo, basquetebol 3×3, andebol de praia, ténis de praia, futebol de praia, remo no mar, futebol Freestyle, karaté kata, kitesurf, e natação em águas abertas.

Estima-se que estarão no país cerca de mil pessoas ligadas aos jogos em que Cabo Verde já conquistou três medalhas de bronze e uma medalha de prata.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.