Portugal conquistou hoje a primeira medalha nos Mundiais de Trampolins, no segundo de quatro dias de prova em Tóquio, com o bronze de Tiago Romão, João Caeiro, Diogo Costa e Diogo Cabral no duplo minitrampolim.

Na final, em que só competem três atletas, Romão, Caeiro e Costa conseguiram um total de 109,300 pontos, atrás da Rússia, nova campeã, com 114,800, e dos Estados Unidos, segundo, com 112,200.

O resultado português nesta prova não olímpica é, para já, o melhor em dois dias, sendo que, na qualificação para a final de tumbling masculino, ninguém ter conseguido o apuramento.

Frederico Rodrigues foi o melhor, no 26.º lugar, com 66,900 pontos, enquanto Diogo Vilela foi 33.º, com 63,100, e Vasco Peso acabou em 39.º, com 56,200.

Sílvia Saiote e Mariana Carvalho ocupam um lugar de reserva para a final do trampolim sincronizado, depois de um total de 83,500 pontos, que valeu o 14.º posto da qualificação.

O apuramento para a final da modalidade olímpica de trampolim individual, no masculino e no feminino, está marcado para sábado, com as finais no dia seguinte. Diogo Abreu e Diogo Ganchinho são os representantes lusos.

A prova decorre até domingo no Ariake Gymnastics Centre, que vai acolher as competições de ginástica nos Jogos de Tóquio2020, funcionando como ‘test event’ para a competição olímpica.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.