Cabo Verde despediu-se sexta-feira dos Jogos Africanos de Rabat com Ruben Sança a classificar-se na 16ª posição da meia-maratona com o tempo de 1:10:37 hora, pelo que o boxe salvou as honras da casa com a medalha de bronze.

Ruben Sança, que se afigurava como a última esperança da comitiva cabo-verdiana nos 12ºs Jogos Africanos, realizados em Rabat (Marrocos), ficou longe do pódio desta prova, que contou com o concurso de 24 inscritos, mas que apenas 22 competiram, sendo que dois atletas desistiram a meio da prova.

A prova da meia-maratona foi conquistada pelo queniano Ekiru Titus (medalha de ouro), que partilhou o pódio com os marroquinos Elaaraby Reda (medalha de prata) e Sahli Hamza (medalha de bronze), com os tempos de 1:02:24 e 1:02:45, respetivamente.

Cabo Verde encerra assim a sua participação nestes jogos com a conquista de uma única medalha de bronze, conquistada no boxe, categoria – 69 quilogramas, pela atleta Yvanusa “Nanci” Moreira.

Ao todo, Cabo Verde competiu com 37 atletas neste Jogos Africanos, que decorrem de 19 a 31 do corrente mês, nas modalidades de atletismo, taekwondo, voleibol indoor masculino, karaté, boxe e xadrez.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.