O canoísta Hélder Silva classificou-se hoje em oitavo lugar na final de C1 200 dos Mundiais da Hungria, numa distância que deixará de integrar o programa olímpico em Tóquio2020.

Na pista dois, o GNR concluiu a prova em 41,36 segundos, a 1,99 segundos do lituano Henrikas Zustautas, que bateu o bielorrusso Artsem Kozyr por 72 centésimos e o georgiano Zaza Nadiradze por 88.

Em chegada muito justa, Hélder Silva lutou até à meta pelo quarto lugar, a 57 centésimos de distância.

Portugal tem, para já, garantidas vagas para o Japão em K1 1000, por Fernando Pimenta, e K1 200, por Teresa Portela.

Hoje, Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela têm a derradeira oportunidade de assegurar mais quotas para Portugal.

Os mundiais de canoagem, que reúnem um recorde de 102 países e cerca de 1.300 atletas, terminam hoje em Szeged.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.