O hoquista internacional português e capitão do Benfica, Valter Neves, renovou contrato, informou hoje o clube lisboeta na sua página oficial, sem especificar a duração do novo vínculo.

No Benfica desde 2004/05, Valter Neves conquistou tudo o que era possível: Liga Europeia, Taça Europa (antiga Taça CERS), Taça Continental, Taça Intercontinental, campeonatos nacionais, taças de Portugal e supertaças.

"Sinto a mesma ambição que sentia no início. Lembro-me que quando cheguei ao Benfica, o grande objetivo era a conquista de títulos, de voltar a colocar o Benfica no lugar em que tinha de estar, que era na discussão dos títulos e conquistá-los, e a ambição acaba por ser idêntica”, disse o hoquista, que se prepara para cumprir a 17.ª época no clube.

O ponto mais alto do seu percurso no Benfica aconteceu com os dois títulos europeus, em 2012/13 no Dragão Caixa, frente ao FC Porto (6-5, com ‘golo de ouro’ no prolongamento), e em 2015/16 no Pavilhão da Luz, frente à Oliveirense (5-3).

Na carreira, o capitão ‘encarnado’ representou o Alverca e o Paços D’Arcos, clubes que fizeram parte da sua formação, antes de chegar a sénior na equipa da linha de Cascais e, depois, à Luz.

Em abril, o andebol, basquetebol, hóquei em patins e voleibol anunciaram o cancelamento dos respetivos campeonatos, devido à COVID-19, sem a atribuição do título.

O Benfica liderava o campeonato de hóquei em patins, estava nos oitavos de final da Taça de Portugal e no segundo lugar do seu grupo na Liga Europeia e já matematicamente apurado para a fase seguinte, os quartos de final da competição.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.