O HC Liceo da Corunha sente-se revoltado depois da Federação Espanhola de patinagem ter atribuído o título ao Barcelona e dada por finalizada a época e mostra-se mesma aberto em jogar no campeoanto português.

O clube da Corunha é o único não catalão que compete no campeonato, mas não gostou da decisão da federação.

"Vai contra o que se tinha falado na Associação de Clubes, porque a fase final podia-se jogar, mesmo que fosse à porta fechada", lembra o emblema, citado pelo catalão 'Sport'.

Assim, o clube sente-se "o principal prejudicado" pela decisão federativa que não lhe permitiu lutar pelo título com o Barcelona, numa final a dois ou a quatro.

O Liceo tem a desvantagem de ter que disputar todos os jogos fora de portas na Catalunha e quando ara já permanece um grande indefinição em torno da edição do próximo ano devido à COVID-19, já que as deslocações são feita por avião.

Dada a proximidade com Portugal, o Liceo pondera mesmo a hipótese de competir em Portugal.

"Se tivéssemos a hipótese de competir em Portugal, estudaríamos muito bem essa hipótese", admite o clube.

Com a decisão da federação espanhola, o Liceo da Corunhã terminou na segunda posição do campeonato.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.