Apesar de ter encontrado na primeira parte alguma oposição por parte da equipa transalpina, que optou por conceder a Portugal o domínio do jogo, a selecção portuguesa foi superior ao longo do encontro.

Reinaldo Ventura, aos sete minutos, colocou Portugal a vencer, mas a Itália respondeu de imediato, através de um livre directo, e igualou, com um tento de Juan Travasino.

O equilíbrio prevaleceu mesmo até ao final da etapa inicial, tendo a sorte sorrido a Portugal em cima do apito, novamente através de Reinaldo Ventura, que tinha falhado aos 13 minutos uma grande penalidade.

O mesmo Reinaldo Ventura fez o seu terceiro tento, e o de Portugal, aos 24, tendo Ricardo Barreiros, aos 36, sentenciado a partida e garantido um triunfo merecido à equipa portuguesa.

Na terça-feira, Portugal disputa a sua segunda partida no grupo B, quando defrontar a Inglaterra, derrotada na ronda inaugural pela anfitriã Alemanha por 6-3.

Sob a arbitragem do espanhol Carlos Bifet e do alemão Tomas Ullrich, as equipas alinharam da seguinte forma:

- Portugal: Ricardo Silva, Valter Neves, Reinaldo Ventura, Ricardo Barreiros e Ricardo Oliveira, cinco inicial.
Suplentes: Sebastian Silva, Pedro Moreira, Tiago Rafael, André Azevedo, Luís Viana e Ricardo Silva.

- Itália: Leonardo Barozzi, Davide Motaran, Juan Travasino, Antonio Dagostino e Domenico Illuzzi, cinco inicial.
Suplentes: Giovanni Fontana, Davide Borsi, Francesco de Rinaldis, Sérgio Festa e Luca Serpini.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.