Óquei de Barcelos e Juventude de Viana venceram hoje os jogos da primeira mão e colocaram-se em vantagem nos oitavos de final da Taça da Europa de hóquei em patins, enquanto o HC Braga empatou.

No embate que juntou os dois últimos vencedores da Taça da Europa (antiga Taça CERS), o Óquei de Barcelos, campeão em 2015/16 e 2016/17, venceu em casa por 5-1 a formação espanhola do Lleida, que ergueu o troféu em 2017/18 e 2018/19.

O Lleida marcou por Oriol Lives, mas ‘Alvarinho’ Morais (quatro) e Gonçalo Nunes (um) deram a volta para os minhotos, construindo um resultado que permite encarar com otimismo o encontro da segunda mão, em 18 de janeiro de 2020, em Espanha.

A Juventude de Viana venceu por 3-0 na receção aos italianos do Trissino, com golos de Luís Viana, Rémi Herman e Francisco Silva, e também construiu uma vantagem confortável para o jogo da segunda mão.

O trio de equipas lusas ainda em prova na Taça da Europa fica concluído com o HC Braga, que não foi além de um empate comprometedor a 5-5 em casa frente aos italianos do Valdagno, que complica as contas para a passagem aos quartos de final.

Ângelo Fernandes (dois), António Trabulo (um), João Guimarães (um) e Pedro Delgado (um) foram os marcadores dos golos do HC Braga, que mantêm a equipa portuguesa na luta pela passagem da eliminatória em casa do Valdagno.

Os espanhóis do Voltregá entreabriram as portas dos quartos de final com uma goleada por 6-1 na receção aos austríacos do Wolfurt, que terão uma tarefa árdua de procurar inverter a tendência da eliminatória na segunda mão.

Com menos margem de manobra para a segunda mão, mas igualmente bem lançado para atingir a fase seguinte da Taça da Europa, está a também formação espanhola do Caldes, que derrotou em casa os franceses do La Vendeenne, por 4-1.

Os italianos do Follonica conquistaram um preciso triunfo por 1-0 em casa dos espanhóis do Girona, vantagem de um golo que também os austríacos do Dornbirn amealharam com o triunfo por 4-3 na deslocação a casa dos franceses do Lyon.

Numa partida que deixa tudo em aberto para a segunda mão, os italianos do Scandiano venceram em casa por 4-3 os espanhóis do Igualada, que terão de anular no seu pavilhão a desvantagem de um golo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.