O trio norte-americano formado por Tiger Woods, na corrida ao 15.º troféu num “Grand Slam”, Jim Furyk e David Toms lidera o Open dos Estados Unidos, após a segunda volta (todos com 139 pancadas).

Esta “troika” soma apenas uma pancada abaixo do PAR (70 por volta) e comanda a classificação com duas pancadas de vantagem sobre um quarteto encabeçado por outro norte-americano, John Peterson.

Além de Peterson, formam o grupo perseguidor o também norte-americano Michael Thompson, que liderava isolado ao fim da primeira volta, o norte-irlandês Graeme McDowell, vencedor do Open dos EUA em 2010, e o belga Nicolas Colsaerts, que passou o “cut” de um “Grand Slam” pela primeira vez na carreira.

Mas o segundo dia do segundo “major” da época ficou marcado pelas eliminações dos dois primeiros do “ranking” mundial, o inglês Like Donald e o norte-irlandês Rory McIlroy (campeão de 2011), que falharam o “cut”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.