O Sporting, detentor do troféu, qualificou-se hoje para a final da Taça de Portugal de futsal, ao vencer o Burinhosa por 3-2, em jogo das meias-finais, disputado no Pavilhão Multiusos de Gondomar.

No final do jogo, Nuno Dias, treinador do Sporting, mostrou-se satisfeito com a prestação da sua equipa.

"O Sporting esteve muito bem, fez uma primeira parte irrepreensível e não me recordo de uma finalização da Burinhosa. O Sporting poderia até ter garantido a eliminatória nos primeiros 20 minutos", começou por dizer.

No entanto, o treinador admite que "na segunda parte, relaxámos um pouco, tentámos gerir muito mais o jogo e indo menos ao encontro do terceiro e quarto golos. A Burinhosa acreditou e em dois lances estranhos, sem muito terem feito para tal, chegou ao empate."

"Depois reagimos bem, chegámos ao 3-2 e podíamos ter feitos mais. Quando se chega ao fim a ganhar por um golo, há que ser mais cauteloso na forma como se defende, mas considero que foi eficaz e não permitiu nos últimos três minutos que houvesse mais golos. Pelo que produziu, o Sporting merecia mais", acrescentou.

Nuno Dias deu ainda algum mérito ao adversário. "A reação dos nossos adversários teve a ver com quem está a perder, contra o Belenenses [no 2-1 nos quartos de final] houve mérito do adversário, mas hoje penso que houve mais demérito nosso", lamentou.

"As sensações da equipa são boas. Conseguimos chegar a mais uma final. Gostamos de resultados mais volumosos, mas o mais importante é garantir os objetivos. Vamos fazer melhor, não tenho dúvidas disso", avisou.

O Sporting vai defrontar na final da prova, marcada para domingo, às 14:30, no mesmo recinto, o vencedor da outra meia-final, que opõe ainda hoje o Benfica, recordista de títulos, com sete troféus (mais um do que rival lisboeta) ao Fundão, a partir das 18:00.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.