Na outra meia-final, para além do confronto entre Benfica e Sporting, o Modicus encontra-se com o Fundão, numa reedição da segunda meia-final da ‘final four’ da Taça de Portugal de 2014, na qual a equipa de Sandim perdeu, mas o treinador, Bruno Ferreira, rejeitou pensar em "vingança".

"Vamos encontrar o mesmo rival, é certo. Um rival forte, com qualidade e o nosso objetivo é tentar fazer melhor do que fizemos no ano passado. Sabemos que o Fundão tem excelentes executantes, tem uma boa equipa técnica, está num bom momento também, mas nós queremos mais, trabalhámos para isso e penso que temos todas as hipóteses de disputar o jogo com o Fundão taco a taco e tentar vencer o jogo, que é o nosso objetivo", disse Bruno Ferreira.

Já o técnico do Fundão, Bruno Travassos, desvalorizou o facto de a equipa ter conquistado o troféu no ano passado.

"É certo que nós somos o detentor do título, mas isso foi no ano passado. É certo também que o percurso e a história do Fundão nos enche de orgulho, nos dá motivação acrescida para podermos representar cada vez melhor a cidade e a região de onde vimos, no entanto, não cria qualquer pressão adicional", referiu Bruno Travassos.

No entanto, o treinador do Fundão afirmou que pretende repetir o feito.

"Aquilo que nós prometemos e aquilo que nós queremos é dizer que somos Fundão e que pretendemos vencer esta competição, porque se assim não fosse não valia a pena virmos e tudo faremos para que isso volte a acontecer", concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.