Os jogadores de Benfica e Modicus, que no domingo vão disputar a Supertaça de futsal, consideram, na antevisão desta final, que será «um jogo difícil» para ambos os conjuntos.
Marinho, ala dos "encarnados", reconheceu qualidades ao adversário: «Temos consciência de que o Modicus tem um excelente plantel, uma equipa muito organizada, mas estamos e preparados e queremos mostrar em campo que somos favoritos».
Também o seu companheiro de equipa, Diego Sol, anteviu dificuldades: «Estes jogos de finais são sempre muito renhidos. Espero um jogo equilibrado e contamos com a ajuda dos adeptos do Benfica, que, em qualquer parte do país, nos têm apoiado».
Do outro lado, Sandro Barradas, um dos capitães do Modicus, partilhou aquela que será a postura da sua equipa: «Temos de entrar bem no jogo. Sabemos que o Benfica nos vai pressionar, mas temos de estar concentrados, numa partida que será renhida».
Na mesma linha de pensamento, Ricardo Fernandes, também da equipa nortenha, garantiu que o grupo vai desfrutar do momento: «Muitas equipas queriam estar aqui no nosso lugar. Vamos, sobretudo, desfrutar deste momento e, com a nossa união e garra, tudo é possível».

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.