O Modicus apurou-se hoje para as meias-finais da Taça de Portugal de futsal, ao vencer o Sporting de Braga por 6-2, num jogo que se previa equilibrado, mas que o ‘hat-trick’ de Fábio Lima mudou.

O avançado dos sandinenses abriu o marcador logo aos dois minutos, seguido de um golo de Pedrinho, que aumentou para 2-0 ainda antes do intervalo.

Na segunda parte, Cássio reduziu para os bracarenses (22 minutos), mas logo a seguir o Modicus acabaria por ‘fugir’ no encontro, com dois golos seguidos de Coelho (23) e um penálti de Fábio Lima (24).

Ruan Silvestre ainda deu esperança aos minhotos (27), mas, já com guarda-redes avançado, o Modicus fecharia o encontro com um golo do ‘guardião’ Rui Pedro, e Fábio Lima fechou com um ‘hat-trick’ (39).

Aquele que era visto como o encontro mais equilibrado da ‘final a oito’, entre o terceiro e quarto classificado do campeonato, começou por oscilar para o lado sandinense, que logo aos dois minutos marcou, por Fábio Lima.

Numa bola parada, os ‘bracarenses’ ficaram perto de abrir o marcador, mas o remate de Cássio foi impedido por Gabri em cima da linha e, no contra-ataque, Fábio Lima, descaído pela direita, atirou cruzado para marcar o primeiro golo.

No minuto seguinte, o ‘capitão’ André Machado falhou o desvio para o empate, e, mais tarde, Tiago Soares seguiu isolado para a baliza, mas atirou por cima da trave, com os guarda-redes a impedirem alguns remates de meia distância.

Porém, o Modicus conseguiu aumentar a vantagem ainda antes do intervalo, a cinco segundos do intervalo, numa recuperação a meio campo de Joel Queirós, servindo depois Pedrinho que, na cara de Vítor Hugo, atirou colocado.

O Braga entrou a marcar no segundo tempo, Cássio Coelho recebeu de costas para a baliza e à meia volta surpreendeu Rui Pedro, mas o Modicus respondeu nos dois minutos seguintes, com os golos de Coelho e uma grande penalidade de Fábio Lima.

Ainda assim, os minhotos não esmoreceram e continuaram no ataque, na tentativa de se aproximarem no marcador, num desvio oportuno de Ruan Silvestre, aos 27 minutos.

Nos últimos cinco minutos da partida, a formação bracarense fez alinhar um guarda-redes avançado, mas, a dois minutos do fim, o ‘guardião’ do Modicus, Rui Pedro, rematou de uma área à outra e Uesler, o guarda-redes avançado, não conseguiu travar o remate.

No minuto seguinte, Fábio Lima aproveitou um ressalto a meio campo para também atirar para a baliza deserta e assinar o ‘hat-trick’, fechando o jogo em 6-2.

*Artigo atualizado às 13h29

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.