Os clubes da principal divisão de futsal estiveram reunidos este domingo, através de videoconferência e, no final da reunião, emitiram um comunicado em que revelam estar contra o alargamento do número de clubes na prova.

No referido comunicado pode ler-se que 12 das 14 equipas do campeonato de futsal não concordam que existam subidas e descidas. Clube Recreativo de Candoso e Belenenses são os dois únicos clubes que não subscrevem o comunicado devido ao "natural conflito de interesses" por serem os dois últimos classificados da tabela e, assim sendo, as 'vítimas' de uma eventual descida de divisão.

Confira o comunicado na íntegra: 

"No seguimento da reunião de hoje, dia 10 de Maio de 2020, entre representantes dos 14 clubes da Liga de Futsal, em formato de vídeoconferência, os 14 clubes comunicam o seguinte:

1 - Estamos em total desacordo com qualquer alargamento da Liga de Futsal, bem como qualquer alteração do modelo competitivo, com o intuito de salvaguardar o nível de competitividade da prova e manter, assim, o desígnio da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) de tornar, num curto espaço de tempo, a Liga de Futsal na melhor Liga do Mundo;

2 - Desde o início que defendemos que, não existindo atribuição de título, sendo o campeonato anulado, não deveriam existir subidas nem descidas, indo ao encontro, aliás, da decisão da Federação Portuguesa de Futebol emanada no seu comunicado oficial de 8 de Abril de 2020;

3 - Nada nos move contra qualquer clube, nem contra os propósitos e argumentos de cada um para a subida à Liga de Futsal;

4 – Atendendo ao superior interesse do Futsal Português e aproveitando o momento que vivemos, sugerimos que as alterações dos actuais quadros competitivos de futsal, previstos pela Federação Portuguesa de Futebol para a época 21/22, se efectivem já na época 20/21;

5 - Caso a Federação Portuguesa de Futebol entenda que é imperativo existirem subidas à Liga de Futsal, defendemos que esse mérito deve ser conquistado em campo, tal como outras federações estão a planear, e nunca por via administrativa;

6 - Reiteramos o excelente trabalho que a Federação Portuguesa de Futebol tem realizado em prol do Futsal Português, e estamos totalmente ao dispor para que se possam discutir cenários e traçar o melhor rumo para o Futsal nacional, querendo ser parceiros activos no caminho difícil que a Federação Portuguesa de Futebol e os clubes vão ter pela frente;

7. Mais uma vez, e à imagem do que vem acontecendo em todas as reuniões e comunicações públicas, os 14 clubes da Liga de Futsal manifestam a constante preocupação com a salvaguarda da saúde pública, que deverá ser sempre prioritária.

Subscrevem este comunicado, 12 dos 14 clubes da Liga de Futsal, abstendo-se o C.F.“Os Belenenses” e o Clube Recreativo de Candoso, atendendo ao natural conflito de interesses, apesar de terem marcado presença nesta reunião."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.