Em entrevista ao jornal do Sporting, o pivô Dieguinho que está de saída dos leões explicou os motivos que o levaram a querer deixar o clube.

"A minha saída deve-se simplesmente à minha família. Estou aqui sozinho há três anos, toda a minha família e a minha mulher estão no Brasil. Chegou o momento de estar mais próximo deles, mas não há nada que me impeça de um dia voltar a estar com estes adeptos maravilhosos", revelou.

O jogador não fala de um 'adeus', mas sim um 'até logo' já que deseja voltar ao clube para conquistar ainda mais títulos.

"Acho que isto não é um 'adeus', mas sim um 'até logo'. Tenho vontade de voltar a jogar aqui, de voltar a ver os adeptos a gritar o meu nome, a festejar os meus golos e de voltar a ajudar o Sporting a conquistar ainda mais títulos. Vou sentir falta de tudo! Do país, do Sporting, dos treinos, do dia-a-dia com a rapaziada, de todos aqui no clube, que me trataram muito bem. Não tenho de me queixar de nada, só tenho de agradecer."

No Sporting, Dieguinho conquistou cerca de oito títulos: Uma UEFA Futsal Champions League, dois campeonato, duas Taças de Portugal, duas Supertaças e uma Taça da Liga. (1).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.