O ciclista belga Remco Evenepoel (Deceuninck-QuickStep) vai partir de amarelo para a última etapa da 46.ª Volta ao Algarve, um contrarrelógio individual de 20,3 quilómetros, que vai definir o sucessor do esloveno Tadej Pogacar no palmarés dos vencedores.

Apesar de estar empatado em tempo com o irlandês Daniel Martin (Israel Start-Up Nation) e com o alemão Maximilian Schachmann (Bora-hansgrohe), respetivamente segundo e terceiro da geral, o campeão europeu e vice-campeão mundial da especialidade é o favorito a conquistar a quinta etapa e, por conseguinte, a ‘Algarvia’.

O jovem de 20 anos será o último ciclista a partir para as ruas de Lagoa, às 16:00, com os seus dois grandes rivais a saírem dois e quatro minutos antes, respetivamente.

Rui Costa (UAE Emirates), o melhor português na geral, tentará melhorar a sua quinta posição, num exercício individual que iniciará às 15:52, dois minutos depois de Amaro Antunes, que é sexto a 18 segundos de Evenepoel.

No seu regresso à Volta ao Algarve após cinco edições de ausência, Costa, que está a cinco segundos dos três primeiros, procura repetir o terceiro lugar da sua última participação.

A 46.ª ‘Algarvia’ consagrará um novo campeão, já que os dois antigos vencedores em prova, o polaco Michal Kwiatkowski (2018) e o britânico Geraint Thomas (2015 e 2016) estão afastados dos lugares cimeiros da geral.

O primeiro dos 167 ciclistas ainda em prova a iniciar o contrarrelógio será o português David Livramento (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), com o último da geral individual a dar as primeiras pedaladas em Lagoa às 13:04.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.