O ciclista espanhol Enrique Sanz (Euskadi-Murias) venceu hoje ao 'sprint' a primeira etapa do Grande Prémio Internacional Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho, com Gustavo Veloso (W52-FC Porto) a manter a liderança.

O basco continua a tradição de vencer em Portugal e somou o quinto triunfo em solo luso - tem sete na carreira -, o quarto em 2019, triunfando em 3:57.47 horas, após 156,8 quilómetros, entre Ventosa e Sobral de Monte Agraço.

“Outra vez em Portugal, outra vez ganhando e desfrutando de Portugal. Foi um sprint muito louco, com muitos ataques. Controlei bem as distâncias e arranquei a 150 metros para vencer”, disse Sanz, citado pela Federação Portuguesa de Ciclismo, depois de ter batido sobre a meta o português César Martingil (Sporting-Tavira) e o espanhol Antonio Angulo (Efapel).

Na liderança mantém-se Gustavo Veloso, depois de ter vencido na véspera o prólogo, seguindo com cinco segundos de avanço sobre Samuel Caldeira, também da W52-FC Porto, e 11 sobre o búlgaro Nikolay Mihaylov (Efapel).

No sábado, corre-se a segunda etapa, entre Atouguia da Baleia e Torres Vedras, com um total de 152,7 quilómetros.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.