Rui Costa (UAE Emirates) foi hoje segundo na 'etapa rainha' da Volta a Romandia, subindo de novo ao segundo lugar da corrida suíça, que termina domingo e tem por líder reforçado o esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma).

Roglic, que iniciou com a camisola amarela a ligação entre Lucens e Torgon, foi o melhor no 'sprint' entre os dez primeiros, com Rui Costa em segundo e o britânico Geraint Thomas (Ineos) em terceiro, o que lhe permitiu bonificar e passar a ver a sua liderança segura por 12 segundos.

O português da UAE Emirates subiu na geral um lugar e está na vice-liderança, a 12 segundos de Roglic, ficando o terceiro posto para o jovem francês David Gaudu (Groupama-FDJ), a 13 segundos. Geraint Thomas, vencedor da Volta a França em 2018, é o quarto, a 26 segundos.

A baixa temperatura (dois graus no Col des Mosses) e a ameaça de neve reduziram em 70 quilómetros a etapa, inicialmente prevista para 176 quilómetros, o que ajudou Roglic - em grande forma a uma semana do Giro - a precaver-se dos ataques dos adversários.

Para Roglic, já se antevê o terceiro triunfo da época e o segundo consecutivo na Romandia, depois da Volta aos Emirados Árabes Unidos e do Tirreno-Adriático. No último dia, haverá um contrarrelógio individual de 16,5 quilómetros, em que o líder da Jumbo-Visma parece ter de novo vantagem.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.