O espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano) foi hoje terceiro classificado na segunda etapa da Volta à Comunidade de Madrid, vencida pelo compatriota Alex Aranburu (Caja Rural-Seguros RGA), novo líder da prova.

Aranburu, de 23 anos, cumpriu os 164,5 quilómetros em San Martín de Valdeiglesias em 4:06.53 horas, batendo sobre a meta, num ‘sprint’ reduzido de 16 ciclistas que se escaparam do pelotão, o francês Romain Hardy (Arkéa Samsic), segundo classificado, e García de Mateos, que completou o pódio.

Com este resultado, o espanhol da Caja Rural é o novo camisola amarela, enquanto o ciclista da Aviludo-Louletano subiu ao sexto posto da geral, com o mesmo tempo do vencedor de hoje.

Em sétimo lugar está o russo Alexander Grigoryev (Sporting-Tavira), que foi 12.º na tirada, enquanto o melhor português foi Francisco Campos (W52-FC Porto), na 37.ª posição, o melhor ciclista dos ‘dragões’ na geral, em 38.º lugar.

O português Nuno Bico (Burgos-BH) subiu ao 83.º posto da classificação geral, ao cortar a meta em 65.º, enquanto Paulo Silva (Guerciott–Kiwi Atlantico) abandonou, à semelhança de José Ferreira (W52-FC Porto).

No domingo, a terceira e última etapa decorre em Madrid, ao longo de 99,9 quilómetros, com 18 voltas a um circuito urbano que conta com apenas uma contagem de montanha, de terceira categoria.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.