Em tempos de pandemia, por vezes esquece-se a solidariedade e podemos ter tendência em pensar mais em nós mesmos e nas nossas famílias do que nas pessoas que estão à nossa volta.

Um dos sectores mais afetados com a crise é o da restauração, que sofreu um forte abalo e que inicia uma lenta recuperação.

No passado domingo, na estado da Flórida dos Estados Unidos, André Drummond, poste dos Cleveland Cavaliers, deslocou-se a um restaurante onde acabou por deixar 1000 dólares de gorjeta, cerca de 915 euros.

Tudo teve lugar no restaurante 'Che' de Delray Beach. O evento acabou por surpreender e de que maneira a empregada Kassadra Díaz.

"Não sabia quem era o cliente até que vi a fatura. Quando fui fazer a contabilidade nem queria acreditar", referiu Díaz na rede social Instagram. Fiquei a tremer e chorei de felicidade depois do que me deixou", acrescentou.

O basquetebolista que recebe mais do que 27 milhões por temporada acabou por responder à empregada.

"Obrigado por ter sido incrível", agradecendo também ao restaurante pela sua hospitalidade.

"É incrível ver pessoas terem estes gestos nos tempos que vivemos. Nunca esquecerei esta história. Muito obrigado de novo @andre drummond", escreveu a gerente do restaurante Daniela Dujoy nas redes sociais. Em declarações ao 'South Florida Sun-Sentinel', confirmou ainda que a Díaz vai ficar com o valor integral da gorjeta.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.