Os atletas Wilson Cabral e Edena Lima venceram este sábado, na Cidade da Praia, a corrida de São Silvestre 2017, nos 10 quilómetros, na categoria de masculinos e femininos.

Com partida e chegada no largo de Quebra Canela, Wilson Cabral, da Cidade de Assomada (Santa Catarina) dominou a prova durante todo o percurso, tendo cortado a meta com o tempo de 35 minutos e 13 segundos.

Um minuto e 13 segundos depois, foi a vez de o atleta cabo-verdiano residente em França Euclides Varela cortar a meta, enquanto Edmar Andrade, do Paiol, ficou na terceira posição com o tempo de 36 minutos e 45 segundos.

Em femininos, a prova também foi disputada na distância de 10 quilómetros com a atleta Edena Lima, da Cidade da Praia, a cortar a meta com o tempo de 43 minutos e 45 segundos. Segundos mais tarde chegou a atleta Crisólita Rodrigues de São Vicente e Magda Moreira de Calheta.

Na categoria veterano I, também de 10 quilómetros, os atletas João Lopes, do Paiol, Horácio Barbosa Martins, do Tarrafal, e José dos Santos, de Santa Cruz, conquistaram os três primeiros lugares.

Em veterano feminino, Celestina Grácia,  da Achada Santo António, Maria dos Reis, de Calabaceira, e Ana Tavares, da Calheta, conquistaram o pódio.

Na corrida de veteranos, de cinco quilómetros masculinos, venceu José Maria Semedo, de São Lourenço dos Órgãos.

Na categoria juniores masculinos, também de cinco quilómetros, o jovem António Cardoso, da Cidade de Assomada, cortou a meta com o tempo de 17 minutos e 03 segundos, e em feminino a atleta de Calheta Mayara Moreira venceu com o tempo de 21 minutos e 51 segundos.

Nos paraolímpicos, o primeiro lugar coube a Carlos Araújo, da Calheta, com o tempo de 39 minutos e 37 segundos.

No final da partida, o atleta Wilson Cabral, que vem conquistando títulos no interior da Ilha de Santiago, mostrou-se satisfeito por ter vencido, pela primeira vez, uma prova que antes era conquistada por atletas estrangeiros.

O presidente da Associação de Atletismo de Santiago Sul, João Pires, fez um balanço positivo da prova, que contou com a participação de atletas da Cidade da Praia, da Ilha do Sal, São Vicente e do interior da Ilha de Santiago.

João Pires lamentou, contudo, o facto de não terem contado com a participação de atletas de renome internacional, mas garantiu que na próxima edição haverá um esforço ainda maior para ter a presença desses atletas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.