O atleta Wilson Cabral, da Emicela Team Cabo Verde, foi eleito Atleta do Ano pelo segundo ano consecutivo, na III Gala do Desporto de Santa Catarina 2019, realizada sexta-feira, na cidade de Assomada.

O atleta, que recebeu um cheque de 20 mil escudos, do restaurante Pingo Pingo pela tal distinção, foi também vencedor do prémio de Atletismo Resistência Masculino pelo segundo ano consecutivo.

Wilson Cabral lamentou, entretanto, o facto de em Santa Catarina os praticantes do atletismo estarem sem acompanhamento de um treinador, assim como os demais premiados da noite, prometendo continuar a trazer prémios quer a nível nacional quer internacional para esse município do interior de Santiago.

Organizada pelo pelouro da Juventude e Desporto da Câmara Municipal de Santa Catarina, a gala , que teve como palco o Auditório do Liceu Amílcar Cabral, ficou marcada por animação musical, demonstrações de capoeira, boxes e karaté.

Este ano, tendo em conta que não houve competições na modalidade fitness, essa categoria não esteve em disputa nessa edição de 2019, mas, no entanto, teve uma pequena demonstração no palco.

O certame, que homenageou o apanhador de bolas Joaquim de Pina, reconheceu ainda Patrícia Neves com o Prémio Inclusão Social, pelo segundo ano consecutivo.

Ainda na categoria Inclusão Social, Silvino da Veiga foi eleito Atleta Paralímpico do Ano, um prémio entregue pelas mãos de Alcides Borges “Tchidy”, considerado o impulsionador do desporto paralímpico em Santa Catarina, que à semelhança do ano anterior, pediu mais inclusão e acessibilidades aos deficientes, referindo-se ao auditório que ainda não tem rampas.

O outro reconhecimento da noite foi para o fisioterapeuta Dulcidio Ferrer, com o Prémio Figura Desportiva do Ano e os jovens Elvin Alvarenga e Janice Oliveira foram agraciados com o Prémio Mérito Municipal.

O Prémio Careira foi atribuído a Monique Lubrano (Voleibol) e o Prémio Revelação foi para Ruty Cabral (Andebol).

No sector masculino, Carlos Silva venceu, pelo segundo ano consecutivo, em Andebol, Gelson Moura (Karaté), Wilson Cabral conquista, pelo segundo ano consecutivo, o prémio em Atletismo Resistência, Jerselino Ferreira (Atletismo Velocidade), Marco Furtado (Futsal), Elvis Semedo (Voleibol), Valito Fortes (Basquetebol) e Jelson Monteiro (Futebol).

Já nas modalidades do feminino, as vencedoras foram Eneida Lopes (Andebol), Ana Furtado ( Atletismo Resistência), Eliane Barros (Atletismo Velocidade), Lidiana Silva (Basquetebol), Emelize Soares (Karaté) e Gisele Varela (Voleibol) .

O galardão Equipa do Ano recaiu sobre o Clube União Esperança de Assomada, Fábio da Lomba vence pelo segundo ano consecutivo prémio de Melhor Treinador (Basquetebol), Dirigente do Ano – Alberto Tavares, do Clube Asso-Juventus, e Árbitro do Ano para José Carlos de Pina (Futebol).

Na ocasião, Esperança entregou um certificado de reconhecimento à Câmara Municipal de Santa Catarina, Delegação do Ministério de Educação, ao condutor Manú, pelo apoio que estes têm dado ao clube.

O Prémio Jornalismo/Comunicação Social ficou com Rádio Morabeza e o Prémio Empresa Amiga do Desporto foi atribuído a Clínica Sodente.

No final na gala, o vereador da Juventude e Desporto, Jacinto Horta, disse que este “gesto singelo” da edilidade foi uma forma encontrada para dizer “um obrigado a todos os atletas pela dedicação e pelo esforço feito durante o ano 2019”.

Na ocasião, reiterou o empenho da autarquia em criar as condições a nível de infra-estruturas desportivas, e continuar a esforçar-se para apoiar os atletas e clubes que, segundo ele, são o orgulho de todos os santa-catarinenses.

A Gala do Desporto de Santa Catarina tem como objectivo reconhecer todo o trabalho que os atletas e desportistas têm feito em prol do desenvolvimento do desporto em Santa Catarina, e realiza-se durante a época desportiva de cada ano.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.