Inês Henriques e João Vieira encabeçam as listas de partida do Grande Prémio de Rio Maior, prova que integra o circuito de marcha da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), e que se realiza no próximo sábado.

A já conhecida 'capital da marcha atlética', por ali terem nascido e crescido desportivamente para a modalidade alguns nomes do topo mundial, como a pioneira Susana Feitor e depois Inês Henriques, João e Sérgio Vieira, Vera Santos, entre outros, prepara-se para realizar a 28.ª edição do Grande Prémio, com vários dos melhores atletas do planeta.

Em femininos, a lista integra com o número um a campeã mundial e europeia dos 50 km marcha, Inês Henriques, atleta do Clube de Natação de Rio Maior, que nunca venceu na sua cidade, embora tenha colecionado vários resultados de destaque, inclusivamente o terceiro posto no ano passado, e que fará a sua 110.ª prova oficial de 20 km marcha.

Com ela, na linha da frente, estarão a recordista de Portugal, Ana Cabecinha, do Pechão, e a chinesa Shijie Qieyang, vice-campeã olímpica de 20 km em Londres2012, vencedora em Rio Maior no ano passado e em 2016, e a brasileira Erica de Sena, quarta nos mundiais de 2017.

Além delas, na lista com 28 nomes, destacam-se ainda a colombiana Sandra Arenas, segunda em Rio Maior em 2017, e a espanhola Julia Takacs, terceira nos 50 km dos Europeus de Berlim2018.

Em masculinos, a lista é liderada pelo sportinguista João Vieira, recordista nacional, vencedor da prova em 2013 (também ganhou a sexta edição, então em 10 km), tem muitos mais participantes (46), destacando-se o chinês Zelin Cai, vice-campeão olímpico de 20 km no Rio2016 e quarto em Londres2012, o colombiano Eider Arevalo, campeão mundial em 2017 e que venceu duas vezes em Rio maior (2015 e 2017), e os sete primeiros classificados na prova em 2018.

O espanhol Diego Garcia, vice-campeão europeu em 2018, defende o título em Rio Maior, ao lado o seu compatriota Alvaro Martin, campeão continental e vencedor do grande prémio em 2016, do mexicano José Leyver Ojeda, vice-campeão pan-americano (terceiro em Rio Maior 2018), e o equatoriano Andres Chocho, oitavo nos Mundiais de 2015.

Nota ainda para o britânico Tom Boswort, sexto nos Jogos Olímpicos de 2016, segundo em Rio maior em 2017, para o japonês o japonês Eiki Takahashi, campeão japonês de 20 km marcha em 2019 e sexto nos rankings da IAAF de 2019.

Um apontamento final para a presença de dois marchadores etíopes: em femininos estará Yehualey Mitiku Beletew, medalha de bronze nos 10 km marcha dos mundiais de juniores de 2016, em masculinos, Yohanis Algaw Wale, campeão africano sub-20 de 10 km marcha em 2017 (e campeão etíope de 20 km em 2018).

Sendo esta uma competição de cariz mundial, jogam-se aqui muitos trunfos para conseguir marcas para os rankings mundiais e marcas de qualificação para muitas provas internacionais, desde a Taça da Europa de marcha até aos Campeonatos Mundiais em Doha. Os 20 km femininos começam às 17.30, os 20 km masculinos começam às 17:42.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.