Os corpos dos alpinistas austríacos David Lama e Hansjörg Auer e do norte-americano Jess Roskelly, desaparecidos numa avalanche no Parque Nacional de Banff, no Canadá, foram recuperados no domingo, anunciou a agência responsável pela gestão do Parque.

Os três alpinistas, considerados dos melhores do mundo, desapareceram na terça-feira, quando uma avalanche os surpreendeu enquanto tentavam escalar o lado leste do Howse Peak.

A Parks Canada, agência responsável pela gestão do Parque Nacional de Banff, onde está localizado o Howse Peaks, anunciou em comunicado que "no domingo, 21 de abril, os corpos dos três alpinistas foram recuperados".

As autoridades canadianas não conseguiram iniciar mais cedo as operações de recuperação dos corpos dos três alpinistas devido ao perigo de novas avalanches e às más condições climáticas, com fortes ventos e precipitações.

Howse Peak é uma montanha de 3.395 metros considerada uma das mais difíceis das montanhas rochosas canadenses. A rota do leste do pico de Howse esteve encerrada até 1999.

Os desportistas em causa são os austríacos David Lama, de 28 anos, e Hansjörg Auer, de 35 anos, e o norte-americano Jess Roskelley, de 36 anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.