Doze atletas russos, entre os quais Ivan Ukhov, campeão olímpico de salto em altura em Londres2012, foram hoje suspensos por doping por períodos que variam entre os dois e os oito anos, anunciou o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

Nos processos, o TAS substituiu a Federação Russa de Atletismo, suspensa desde 2015 devido a um escândalo de doping revelado pelo relatório McLaren, que está na base das investigações aos atletas agora punidos.

Ukhov está suspenso a partir de hoje, e verá anulados todos os resultados conseguidos entre 16 de julho de 2012 e 31 de julho de 2015, o que lhe retirará o título olímpico.

As suspensões mais pesadas, de oito anos, foram impostas às lançadoras do peso Gulfya Agafonova e Tatyana Lysenki, com efeitos retroativos a janeiro de 2017 e julho de 2018, respetivamente.

As decisões de primeira instância podem ser objeto de recurso para o comité de apelo do TAS no prazo de 21 dias.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.