Macau inaugurou esta quinta-feira o Centro de Formação e Estágio de Atletas com uma área superior a 20 mil metros quadrados e considerado pelo Governo do território como “um marco importante na história do desporto de Macau”.

“A entrada em funcionamento do Centro é absolutamente um marco importante na história do desporto de Macau, proporciona plataforma, espaços desportivos de excelência e atmosfera de formação de qualidade aos atletas, treinadores e equipas técnicas”, enfatizou o presidente do Instituto do Desporto, Pun Weng Kun, no seu discurso proferido na cerimónia, citado num comunicado.

De acordo com a mesma nota, este novo centro de formação, situado no Cotai, faixa de casinos entre as ilhas de Taipa e Coloane, “é composto por dois pavilhões multifuncionais, cinco pavilhões de treino, uma piscina coberta 25m e um centro de treino com pesos”, que pode, desta forma, “acolher simultaneamente várias modalidades desportivas para a realização de treinos”.

O Centro de Formação e Estágio de Atletas de 20 mil metros quadrados, que de acordo com os órgãos de comunicação sociais locais custou cerca de 170 milhões de euros, “dispõe ainda de um dormitório de nove andares com capacidade para acolher mais de 300 pessoas e de outras instalações de apoio, nomeadamente auditório, restaurante, sala de atividades, sala de musculação e salas de reuniões multifuncionais e gabinetes”.

O Governo de Macau acredita que este novo centro vai “incentivar a concentração das equipas de diferentes modalidades desportivas nos treinos, desempenhar um importante papel na melhoria do nível técnico dos atletas e prestar apoio completo e especializado ao sistema de formação de atletas”.

A cerimónia de inauguração contou ainda com a presença do chefe do executivo de Macau, Chui Sai On, do secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam e do secretário para os Transportes e Obras Públicas, Raimundo Arrais do Rosário.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.