Apesar dos seus 96 anos de idade, João Madeira, com que foi hoje a enterrar, em Luanda, mantinha-se lúcido e responsável pelo trabalho que desenvolveu em prol do andebol por quase trinta anos, segundo o líder federativo, em declarações à Angop, neste sábado.

O malogrado iniciou a carreira desportiva na cidade do Lobito (província de Benguela), sua terra natal, onde representou a equipa de futebol do Sporting local, actuando na posição de médio ofensivo.

Antigo funcionário da então Secretaria de Estado para a Educação Física e Desportos, no período de 1993 a 1998, desempenhou a função de responsável por toda área administrativa do Comité Olímpico Angolano (COA) até 2016.

O ex-árbitro foi ainda chefe da Secretaria da Federação Angolana de Andebol, além de instrutor e comissário de jogo da Confederação Africana de Futebol (CAF).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.