A empresa de equipamento desportivo Macron está a produzir máscaras, batas, fatos individuais e equipamentos de proteção, ao abrigo de um projeto sem fins lucrativos no âmbito do combate à pandemia de covid-19, anunciou hoje o fabricante italiano.

Para desenvolver o projeto, denominado ‘Stop Covid-19/Macron #noicisiamo’, a empresa italiana colocou todo o seu sistema operacional e logístico em funcionamento, em Itália e na Ásia, e em menos de 10 dias ativou uma produção em larga escala de vários tipos de equipamentos de proteção.

“Pareceu-nos natural oferecer o nosso ‘know-how’ e cadeias de produção e distribuição num momento de tanta dificuldade para o nosso país e para o mundo inteiro”, referiu o diretor executivo da empresa italiana, Gianluca Pavanello.

O centro de distribuição da empresa está situado em Bolonha, de onde saem os produtos para toda a Itália. Em conformidade com as novas normas impostas pelo governo italiano, neste momento, os produtos são distribuídos apenas no país.

“Todos os produtos estão em conformidade com os mais altos padrões e certificações médicas e todo o processo de produção é monitorizado rigorosamente por inspetores”, refere em comunicado o fabricante italiano de equipamentos desportivos.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 51 mil. Dos casos de infeção, cerca de 190.000 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia, e o continente europeu é neste momento o mais atingido, acima de 525 mil infetados e de 37 mil mortos.

Em Portugal, que está em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 17 de abril, registaram-se 209 mortes e 9.034 casos de infeções confirmadas, segundo o balanço feito na quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.