O FC Porto discute esta terça-feira com o Leixões uma vaga nas meias-finais da Taça de Portugal. Sérgio Conceição admite que não espera facilidades da parte dos matosinhenses e não abre o jogo quanto à titularidade de Pepe.

Jogo com o Leixões: "Espero um jogo difícil, com uma equipa de um escalão inferior, o que não é sinónimo de facilitismo. O Leixões é uma equipa muito apaixonada, muito aguerrida a jogar no seu estádio. Temos de fazer a nossa parte para seguir para as meias-finais porque é um objetivo."

Gestão da equipa: "Olhamos para o jogo de amanhã, que é o mais importante. Vamos ter em conta várias coisas para escolher o melhor onze. O Maxi está de fora, o Danilo está de fora, o Brahimi vamos ver... Os outros estão em condições. Pepe? Vamos ver quem são os jogadores que me dão mais garantias para amanhã ganhar o jogo."

Pontos fortes do Leixões: "É perigoso por ser um jogo a eliminar. Ser de um escalão inferior, quando o árbitro apita, nota-se pouco. Têm um ou outro jogador na frente, nomeadamente o avançado, é poderoso e tem feito muitos golos ultimamente. Têm o Erivaldo que estava no SC Braga B, quando eu estava no SC Braga. Têm o Bura atrás que é um central importante nas bolas paradas. Se me perguntou isto com segundas intenções para ver se eu conheço a equipa do Leixões, posso dizer que a conheço toda. Estou completamente consciente daquilo que é o Leixões a jogar. É sempre muito difícil jogar no Estádio do Mar, eu próprio já experiencei isto.

Calendarização: Não vale a pena bater mais no ceguinho. Temos de fazer os jogos que aí vêm. Não me vou alongar mais porque tenho falado no calendário todas as semanas.

Posição de Militão: Já foi testado na lateral direita, tal como o Mbemba. É importante que num simples exercício padronizado se conheçam várias posições. Se o meu central souber o jogo do meu avançado, é importante. Todos os jogadores têm de saber o mesmo. É assim que defino a minha equipa. Os meus jogadores estão identificados com aquilo que é o processo defensivo e ofensivo da equipa.

Tempo de Paragem de Danilo e Maxi Pereira: "Não sabemos bem. O Maxi fazia hoje um exame, Danilo é uma incógnita, é uma entorse, depende muito da recuperação do jogador. Podemos falar em duas semanas para um e numa semana e meia para outro. Vamos ver, não temos período definido"

A partida entre Leixões e FC Porto tem início marcado para as 19h30 desta terça-feira, no Estádio do Mar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.