Francisco J. Marques teceu duras críticas à arbitragem da final da Taça de Portugal, considerando que o FC Porto "foi prejudicado" e que "os lances polémicos foram sempre decididos contra o FC Porto", nomeadamente no lance em que Coates jogou a bola com a mão quando Soares se preparava para ficar isolado para a baliza de Renan Ribeiro e terá deixado um penálti por marcar sobre Hernâni.

"O lance do Tiquinho é curioso, porque ele ficava em situação de eventualmente fazer golo, é o lance mais evidente de todos, e depois vimos pessoas após o jogo a tentar encontrar justificação para a decisão do senhor árbitro. Decidiu mostrar cartão amarelo ao corte com a mão, uma decisão um bocadinho estranha, tendo em conta o passado de Jorge Sousa. Num lance muito menos óbvio, em 2010/11, num jogo frente ao Sporting, expulsou um jogador do FC Porto. Porque será que entretanto Jorge Sousa alterou o seu critério? Será porque as camisolas são diferentes? Houve uma alteração regulamentar às regras? Ou os árbitros têm um critério mais apertado relativamente ao FC Porto? O FC Porto ficou em segundo lugar no campeonato, apesar de boa época e da boa pontuação que teve, porque nos últimos jogos fora o Benfica teve arbitragens simpáticas, com decisões sempre a seu favor, alguns até resultaram em castigos aos árbitros", disse Francisco J. Marques durante o programa do Porto Canal.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.