Declarações de Danilo à Sport TV, após o empate da sua equipa frente ao FC Porto.

Análise ao jogo: "Foi um jogo muito difícil, estávamos à espera disso mesmo. O Braga estava focado em dar a volta, eles entraram fortes e mais agressivos do que nós. Não estivemos tão coesos como normalmente, jogámos muito largo e o Braga teve muita posse de bola. Criou-nos muitas dificuldades".

Mexidas na equipa justificam exibição? "Não creio que as mudanças sejam justificativas daquilo que fizemos. Todos os jogadores estão identificados com as ideias do mister e nós é que não conseguimos transmitir isso no campo, a culpa é nossa. Não foram as substituições no onze, mas a nossa mentalidade. Não estivemos tão fortes como é normal".

E agora, Sporting ou Benfica? "Queríamos muito estar no Jamor e o objetivo foi conseguido. O adversário? São sempre jogos difíceis, clássicos, não escolhemos o adversário, qualquer um dos dois vai ser muito difícil".

O FC Porto qualificou-se, esta terça-feira, pela 30.ª vez para a final da Taça de Portugal de futebol, ao empatar 1-1 no terreno do Sporting de Braga, no jogo da segunda mão das meias-finais. Vencedores do encontro da primeira mão, por 3-0, os 'dragões' chegaram ao intervalo a perder, devido ao golo marcado por Paulinho, aos 41 minutos, mas Danilo repôs a igualdade, aos 74.

O campeão nacional regressa à final quatro anos depois da última presença, na qual foi batido precisamente pelo Sporting de Braga no desempate por grandes penalidades (4-2, após 2-2 no prolongamento).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.