Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, fez esta segunda-feira a antevisão ao encontro da Taça de Portugal com o Moreirense e voltou a falar do pouco tempo de descanso que os seus jogadores têm tido.

Antevisão: "É mais um jogo difícil contra uma equipa que tem feito o melhor campeonato desde sempre na sua história. Está em oitavo lugar com os mesmos pontos que o sexto. É uma equipa que já foi ganhar a um dos candidatos ao título na Luz. É uma equipa com qualidade, bem orientada. Foi uma equipa que nos criou dificuldades no campeonato. Temos de assumir o jogo e passar a eliminatória. É esse o nosso objetivo."

Declarações da imprensa italiana sobre o sorteio:  "Muito sinceramente, a minha preocupação são as declarações do Ivo Vieira [técnico do Moreirense]. Não da imprensa italiana ou do Totti. A seu tempo, vamos falar da Roma e daquilo que vão ser esses dois jogos. Até porque eu continuo a dizer sempre força Lazio, fui jogador da Lazio. A seu tempo, falaremos..."

Possibilidades do Moreirense: "Acho que é típico da personalidade das pessoas da Madeira. Acho que o Moreirense tem mais do que 1% de possibilidades de vencer amanhã. São duas equipas que estão num bom momento. A responsabilidade está do lado do FC Porto. Temos de estar ao melhor nível possível para vencer este adversário que, na minha opinião, terá mais de 1% de possibilidades."

Mudanças no onze: "O onze, vocês sabem, não o digo. Amanhã vamos precisar de estar muito bem no jogo. Vou escolher o melhor onze tendo em conta o momento dos jogadores. Claro que tem a ver também com esta semana infernal e dos milhares quilómetros que fizemos. Da Turquia aos Açores. Chegámos ontem de madrugada. Hoje já estou aqui a fazer conferência. Há pouco tempo para recuperar. Não quero utilizar isto como desculpa, mas não compreendo o facto de no domingo, dia 23, os três grandes jogarem no mesmo dia e o porquê de não jogarmos todos no mesmo dia na Taça. Não percebo o porquê de não jogarmos quarta-feira com os outros grandes. A desculpa é sempre que não podem ter os três grandes no mesmo dia. Mas no domingo vai acontecer. Essa é a minha questão. Não quero nenhum tipo de polémica. Não vou utilizar isto como desculpa se o jogo não correr bem. É só um facto."

Recordes: "Eu nunca vi, que eu me lembre, ninguém a festejar nos Aliados por um recorde qualquer. Epá, não vi. Eu vejo é a festejar por títulos. Eu ligo pouco a isso. Já viram o que era festejar nos Aliados a 14.ª ou 15.ª vitória? Não se festeja."

Margem de erro reduzida na Taça: "Estamos num contexto de Liga dos Campeões, passamos nos Açores no campeonato e agora temos um jogo para a Taça de Portugal. Temos de recuperar os jogadores a nível físico. No plano emocional estes jogos é sempre bom. Eu gosto de jogar sempre de três em três dias. É um bom sinal. É sinal que estamos vivos em todas as competições. O problema é o timing. Por vezes, nem as 72 horas de recuperação temos. Isso depois acaba por prejudicar a tal intensidade e velocidade no jogo. Para isso, é preciso que os jogadores estejam bem. Essa vertente emocional é muito importante em jogos a eliminar. Vamos fazer o melhor para que amanhã possamos dar uma resposta de acordo com aquilo que são as nossas ambições."

Equipas portuguesas que jogam na Europa deveriam ter outra atenção?: "Acho. Acho. Acho. Acho que sim..."

Críticas do Benfica à arbitragem: "(risos) Vocês estão sempre a querer uma polémicazinha. Eu vou dar um exemplo muito simples. Tive oportunidade de falar com o departamento de comunicação e recordei aquela possível falta de Brahimi sobre um jogador do Santa Clara na área. Na segunda parte desse jogo, houve um empurrão sobre Corona, presumo eu que com uma intensidade bem mais forte, e não foi nada assinalado. Num jogo do FC Porto que possivelmente poderemos ter sido beneficiados numa pequena coisa estão a dar um título enorme. Dou outro exemplo. No Sporting, sem querer falar no Sporting. Existem dois penáltis. Hoje não vi ninguém a falar, e não vi tweets. Principalmente o segundo que eu acho... Estão a querer passar uma imagem que o FC Porto está a ser beneficiar desse possíveis erros da arbitragem para estar em primeiro lugar. É falso. Estamos em primeiro porque somos os melhores. Somos a equipa mais forte."

Calendário apertado: "Ainda não tive oportunidade de ver o calendário [FC Porto-Benfica joga-se três dias antes da segunda mão dos oitavos de final da 'Champions']. Acho que já respondi a isso. Fui direto e objetivo. Quando as equipas portuguesas jogam na Europa, onde jogam competições onde representam o país, acho que por vezes existem outros interesses que não os destas equipas."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.