O Benfica recebeu e venceu o Vitória de Setúbal por 2-0, na quarta eliminatória da Taça de Portugal. Cervi e Krovinovic fizeram os golos do encontro disputado no Estádio da Luz. Os 'encarnados' juntam-se assim a Sporting e FC Porto nos oitavos de final da competição.

Rui Vitória parece mesmo ter decidido que o 4x3x3 é para ficar. O técnico 'encarnado' voltou a apostar num sistema de três médios para dar mais consistência ao meio-campo das 'águias'.

Para além do esquema tático, o treinador do clube da Luz apostou em Bruno Varela, Rafa, Douglas e Jardel, jogadores menos utilizados que tiveram a oportunidade de se mostrar uma vez mais.

Numa partida de 'tudo ou nada', até foi o Vitória de Setúbal até o primeiro a criar perigo na partida. Aos seis minutos, depois da marcação de um pontapé livre, a bola sobra para Nenê Bonilha que coloca a bola um pouco por cima da trave 'encarnada'.

O Benfica não se ficou atrás e respondeu aos nove minutos. Numa boa jogada pela direita Rafa cruza para a entrada da área, onde surge Krovinovic que remata para defesa atenta de Cristiano.

Aos 15 minutos, Jonas surge isolado depois de passe de Franco Cervi, mas apenas com Cristiano pela frente, foi o guardião português que venceu o duelo.

As oportunidades do Benfica acabaram por dar fruto aos 25 minutos. Pizzi marca um canto rasteiro, que passa por toda a gente até chegar a Franco Cervi que, de primeira, remata para fazer o primeiro golo do jogo.

O clube 'sadino' tentou responder e, aos 33 minutos, João Amaral surge pela esquerda, tira Samaris do caminho e remata ao lado da baliza de Bruno Varela.

Na segunda parte, o jogo ganhou um pendor mais equilibrado, com as duas equipas a tentarem marcar mais um golo.

Aos 55 minutos, foi a vez de Cristiano se mostrar. Numa jogada pelo lado esquerdo do ataque 'encarnado', Krovinovic rematou mas o guardião sadino estava atento e impediu mais um golo do Benfica.

O jogo ia-se disputando nas duas balizas. Bruno Varela teve de ser chamado a intervir uma vez mais aos 59 minutos, impedindo dois grandes remates de Arnold e de Semedo.

A partida da prova 'rainha' do futebol português também teve outra nota de destaque: Keaton Parks, médio norte-americano da equipa B, teve a possibilidade de se estrear, substituindo Pizzi aos 70 minutos.

E parece que a entrada do médio americano surtiu efeito. Foi dele que nasceu o passe para Franco Cervi, que fez a assistência para o segundo golo. Aos 80 minutos, o extremo argentino surge isolado na grande área e, à segunda tentativa, passou a bola a Krovinovic, que marcou o primeiro golo oficial ao serviço do Benfica.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.