Na antevisão ao jogo com o Cova da Piedade, para a Taça de Portugal, Bruno Lage comentou o interregno de três semanas das provas nacionais.

"Não sou crítico. Às vezes é importante testar outras coisas. Nas últimas eleições pensou-se que o futebol tirava as pessoas das urnas. Agora experimentou-se uma situação diferente e verificou-se que não é o caso. O calendário é igual para toda a gente. É preciso avaliar e tentar perceber o que aconteceu para as pessoas não irem às urnas. Só experimentado é que se chega a uma conclusão, não há fórmulas teóricas. Agora é continuar o calendário", afirmou o treinador dos 'encarnados' em conferência de imprensa.

"Ficámos quase três semanas sem competir. Houve espaço para recuperar lesionados, para treinar coisas que achamos importantes para a nossa forma de jogar. Todos os convocados estão a 100% para jogar", garantiu o técnico.

Sobre o duelo com o Cova da Piedade, Bruno Lage espera uma "entrada forte" da sua equipa: "Esperamos um Benfica forte, com uma entrada forte em todas as competições. Há pouco espaço entre os jogos daqui para a frente e queremos uma boa entrada como fizemos no início da época."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.