O presidente do Sporting de Braga respondeu esta quarta-feira a Fontelas Gomes, presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), que lhe solicitou indícios ou provas da existência de criminosos no futebol e na arbitragem, para que as possa comunicar às autoridades com competência para as investigar.

António Salvador fez Fontelas Gomes saber que lhe iria enviar as provas pedidas num vídeo que comprova que as equipas de arbitragem "têm afetado o rendimento do Braga e do Braga B" esta temporada.

"Perante tais ocorrências, e com o suporte das imagens disponíveis, colocamos as mesmas à vossa inteira disposição para, se for esse o vosso entendimento, as encaminharem para as entidades competentes e averiguarem se fatores externos têm condicionado e desvirtuado os resultados e as classificações", referiu ainda o presidente dos 'arsenalistas', em declarações divulgadas pela imprensa nacional.

Recorde-se que na noite desta terça-feira, após o encontro entre Sporting de Braga e FC Porto, António Salvador disse que há criminosos no futebol e na arbitragem.

"A deputada Ana Gomes disse ontem [segunda-feira] que há muitos criminosos infiltrados na justiça. Eu diria que há muitos mais criminosos infiltrados noutros setores: no desporto, no futebol, na arbitragem. O que vimos aqui hoje é lamentável para o futebol português", disse o líder bracarense.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.