O treinador do Rio Ave, Miguel Cardoso, desvalorizou hoje as notícias que dão como certas a saída, para outros clubes, de alguns jogadores do plantel vila-condense, nomeadamente Rúben Ribeiro e Marcelo, associados a Sporting e FC Porto.

O técnico dos vila-condense abordou o tema à margem da antevisão da partida desta quinta-feira, com o FC Porto, da 2.ª jornada do grupo D, da fase de grupos da Taça da Liga de Futebol.

"Até ao momento que se confirmar eventuais saídas não me preocupa nada. Isso são questões que me ultrapassa", disse Miguel Cardoso, garantido o foco de todo plantel nos objetivos do clube.

"Conheço o caráter dos meus jogadores, e sei a estabilidade comportamental que eles têm. Tenho a certeza absoluta que até ao momento que algum deles, eventualmente, saia do clube, haverá o máximo compromisso com o Rio Ave e com o grupo de trabalho", vincou Miguel Cardoso.

O treinador da formação da foz do Ave reconheceu que uma das suas missões é, também, "criar mais valias para que o clube possa crescer e ajudar melhorias na carreira dos jogadores", mas espera que as eventuais saídas possam ser colmatadas.

"O mais importante é que dia seguinte ao fecho do mercado, o Rio Ave continue a ter um plantel competente e capaz de lutar pelos objetivos do clube. Tenho expectativa que caso algum jogador saia, seja substituído por outro de igual valia", clarificou.

Sobre o duelo com os 'dragões' desta quinta-feira, no qual apenas a vitória interessa às duas equipas para ainda manterem aspirações de seguirem para a próxima fase da competição, Miguel Cardoso promete um Rio Ave "competitivo perante uma adversário que tem sido esmagador em casa".

"Espero que ambas as equipas se mantenham fieis à sua ideia de jogo, e, mesmo que troquem jogadores, se mostrem fieis aos seus aos seus princípios. Acredito que é isso que vai acontecer, pois são duas equipas fortes e competentes, estando lançado um desafio interessante", aponto o treinador da equipa de Vila do Conde.

Miguel Cardoso diz não conceber a ideia "de um Rio Ave que jogue para empatar" e, por isso, garante "uma equipa que vai procurar, desde o primeiro minuto, seguir a sua intenção de jogo com objetivo de ganhar".

Os vila-condense já defrontaram esta época o FC Porto, mas para o campeonato [derrota caseira 1-2], num duelo em que apesar do desaire Miguel Cardoso viu coisas positivas feitas pela sua equipa, que pretende replicar neste desafio de quinta-feira.

"Já no outro jogo frente ao FC Porto provámos que fomos capazes de encarar o jogo em todas as suas dimensões. Vamos interpretar todos os momentos do jogo e tentar controlar o adversário, quando não tivermos bola, para, depois, quando a tivermos chegarmos à baliza do FC Porto e mostramos o nosso futebol", partilhou.

Para esta partida, em que não foi divulgada, como habitualmente, a lista de convocados, Miguel Cardoso não pode contar com defesa central Marcelo, que cumpre um jogo de suspensão, e o defesa direito Lionn, que recupera de lesão.

Rio Ave e FC Porto, que somam apenas um ponto no grupo D, fruto de empates, na primeira jornada, frente a Paços de Ferreira e Leixões, respetivamente, defrontam-se quinta-feira, no Estádio do Dragão, numa partida agendada para as 21:15.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.