Frederico Varandas foi um dos 'heróis' da Taça da Liga. Não que o presidente do Sporting tivesse marcado qualquer golo, como fez Bas Dost, ou tivesse defendido uma grande penalidade, como fez Renan, mas 'brilhou' nas bancadas ao salvar a vida a um adepto leonino.

No momento da festa, depois de Filipe falhar a derradeira grande penalidade do FC Porto que confirmou o Sporting como campeão de inverno, Frederico Varandas preparava-se para se juntar aos jogadores no relvado, quando teve de reter a marcha, saltar para as bancadas e ajudar um adepto que estava em dificuldades. José Ramos, um 'leão' de 51 anos, estava a ter problemas cardíacos, ele que é portador de um CDI (cardioversor desfibrilhador implantável, um dispositivo tipo pacemaker que monitoriza constantemente o ritmo do coração).

Em declarações à edição desta segunda-feira do jornal ABola, este adepto leonino, natural de Braga, contou como Frederico Varandas salvou-lhe a vida:

"O presidente foi o primeiro a chegar ao pé de mim. [...] A sua ação foi determinante, ele como médico, sabe o que fazer numa situação daquelas. As pessoas que ali estavam não sabiam o que fazer. Tranquilizou-me e soube colocar-me na posição correta até chegar as equipas médicas do estádio", contou.

Numa situação dramática, num momento que devia ser de festa e alegria, Frederico Varandas teve outra ação que chamou a atenção de José Ramos. O seu filho, de 16 anos, assistia a tudo, assustado, sem saber o que fazer.

"Percebi que o presidente também estava preocupado em tranquilizar o meu filho. Isso também me marcou. Estive sempre consciente. Só tenho de lhe agradecer", destacou. Momentos antes do jogo, tinha estado com o presidente do Sporting, num convívio no Núcleo sportinguista de Braga.

Nas declarações ao jornal ABola, José Ramos critica o sistema de segurança do Estádio Municipal de Braga. Para sair das bancadas, teve de saltar uma barreira. Como seria se estivesse inanimado? Depois teve de esperar mais de uma hora até ser transportado para o hospital, numa evacuação demorada devido as condições do estádio.

Além de lhe salvar a vida, Frederico Varandas convidou José Ramos e o seu filho a assistirem o derbí do próximo fim-de-semana frente ao Benfica no camarote presidencial do Estádio de Alvalade.

O ato heróico de Frederico Varandas já 'saltou' fronteiras. O jornal inglês 'The Sun' destacou este domingo o gesto do presidente do Sporting e fala em "atitude heróica" de Frederico Varandas, médico de profissão, que "rapidamente socorreu e prestou os primeiros socorros ao adepto", permanecendo ao seu lado até à chegada do INEM.

"O herói da Taça", pode ler-se no título do artigo.

Gesto de Varandas chegou a Inglaterra
Gesto de Varandas chegou a Inglaterra créditos: DR

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.