O treinador Frank Lampard afirmou hoje que os últimos dias têm sido “uma montanha-russa” para os jogadores do Chelsea, após o desaire 4-0 com o Manchester United, mas mostrou-se otimista na conquista da Supertaça europeia de futebol.

“Tem sido uma semana um pouco como andar numa montanha-russa. Não é fácil falar com os jogadores depois de perder por 4-0. Avaliando o que fizemos nesse jogo, chegámos à conclusão que fizemos muitas coisas bem. Só temos que eliminar os erros e é nisso que nos temos que centrar”, afirmou Frank Lampard.

O antigo médio falava aos jornalistas em Istambul, na conferência de imprensa de antevisão do duelo de quarta-feira com o Liverpool, da Supertaça europeia.

“Estou otimista. Sinto que os jogadores querem muito estar aqui. É um momento histórico e todos querem fazer parte desse momento”, referiu o técnico de 41 anos.

Como jogador, ao serviço do Chelsea, Lampard nunca conseguiu levantar o troféu, tendo saído derrotado em 2012 e 2013 frente a Atlético Madrid e Bayern Munique, respetivamente.

O técnico dos ‘blues’ revelou que o brasileiro Willian vai ficar fora do ‘onze’ titular, por falta de ritmo de jogo, e que o médio francês N’Golo Kanté sofreu uma “pequena lesão” e está em dúvida.

O Liverpool-Chelsea está agendado para as 20:00 (22:00 locais) e vai ter arbitragem da francesa Stéphanie Frappart, que se irá tornar na primeira mulher a apitar um grande evento do futebol europeu masculino.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.