Sem tiques de vedetas, é desta forma que a 'Gazzetta dello Sport' destaca a atitude de Ronaldo que se disponibilizou a abdicar de 10,3 milhões de euros do seu salário. O português recebe cerca de 31 milhões de euros e vai abdicar de um terço do salário anual.

Ora, de acordo com a publicação, com a disponibilidade do jogador português, foi mais fácil convencer o resto do plantel.

Recorde-se que Ronaldo está neste momento na Madeira a cumprir o confinamento com a família.

Juventus acertou com o treinador e os futebolistas do plantel principal, entre os quais Cristiano Ronaldo, uma redução salarial equivalente a quatro meses de ordenados, cujo valor ascende a 90 milhões de euros, devido à covid-19.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.